Edusoft Tecnologia - Sistema Acadêmico Mentor Web

Tudo o que você precisa saber sobre seguro educacional e suas vantagens

Ao matricular seu filho na escola você recebe o contrato educacional para preencher e assinar. Não obstante, a instituição lhe oferece outro serviço: o seguro educacional. Já se deparou com essa situação? Embora ainda não seja um instrumento comum ou obrigatório em muitas instituições de ensino, o seguro educacional traz muitas vantagens para a família e deve ser considerado.

Veja aqui as vantagens e o que este documento proporciona!

Para que serve o seguro educacional?

Assim como seguros de carros e imóveis, o seguro educacional é um instrumento que visa resguardar o estudante da rede privada, em caso de dificuldades para pagamento das mensalidades.

Você já se deparou com situações de famílias que, ao passarem por dificuldades financeiras, precisaram abrir mão da escola do filho? Ou mesmo estudantes do ensino superior que tiveram de suspender o curso por falta de recursos financeiros?

O seguro educacional serve, justamente, para evitar essas situações e garantir a segurança do aluno. Ele traz, em suas cláusulas, a cobertura em caso de morte do responsável financeiro, perda de emprego e renda, entre outras situações.

Ou seja: apesar de ter um custo fixo a mais (que pode ser considerado pela família como um valor junto à mensalidade), é um investimento pensado para a segurança da família e do estudante.

O que esse documento estabelece, na prática?

Existe um limite de idade para a contratação do seguro educacional. Ele pode ser feito pelo responsável financeiro ou pelo próprio aluno, desde que o contratante tenha entre 16 e 70 anos. A idade limite pode, no entanto, variar, sendo de 65 em alguns casos.

Também é exigida a comprovação de bom estado de saúde (assim como no caso de seguros de vida, por exemplo) e de que o contratante esteja em plena atividade profissional.  Geralmente a apólice tem cobertura de 14 meses, garantindo também o pagamento de matrícula e rematrícula.

A cobertura é de 100% das mensalidades até o fim do ano letivo, a partir da ativação do seguro, que pode ser resgatado em caso de desemprego, por exemplo.

Existem ainda, seguros educacionais que proporcionam coberturas adicionais, como assistência médica, compra de materiais ou aulas particulares.

Como posso fazer meu seguro educacional? Quanto custa?

Assim como outras formas de seguros, o educacional é oferecido por seguradoras e habitualmente as próprias instituições de ensino contam com fornecedores parceiros. Portanto, o primeiro passo para garantir esse suporte é verificar com a entidade educacional se ela oferece esse recurso.

Caso a escola não disponha do seguro, vale a família verificar as seguradoras particulares e entender, junto à administração escolar, como tem sido o suporte nestes casos.

Para a escola, oferecer o seguro educacional é um plus interessante no relacionamento com o cliente. E também uma garantia jurídica de que o compromisso financeiro estabelecido no contrato educacional será cumprido. Ou seja: além de preservar o estudante, esse instrumento também traz segurança financeira para a escola.

Em relação aos custos, o valor do seguro varia de acordo com a cobertura, calculada sobre o custo da mensalidade escolar e de coberturas adicionais, caso existam. O investimento é relativamente baixo, e costuma ficar entre 1% e 2% do valor da mensalidade. Ou seja: é viável para a maioria dos estudantes.

Receba nosso Newsletter

Criação de Sites em Blumenau por Vale da Web