Edusoft Tecnologia - Sistema Acadêmico Mentor Web

Férias de inverno: momento de olhar para dentro do ambiente escolar

Tempo de Leitura: 6min

Qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça quando se fala de férias? Descanso, passeios, viagens, tempo livre com a família…

Julho é época de férias nas escolas para os estudantes, mas se engana quem pensa que a escola fica vazia sem os alunos.

Para a instituição é o momento de colocar as coisas em ordem, visto que a demanda com os alunos diminui consideravelmente.

Que tal reorganizar a escola para o novo semestre que vai ter início em breve?

Como organizar a escola nas férias?

Organização das salas

Começando pela parte física, a começar pelas salas da gestão e setores administrativos, que são campeões em acumular materiais e papéis desnecessários, apesar de toda a tecnologia e busca por menos impressões desnecessárias.

Tire um dia para organizar os seus materiais, documentos que precisam ser guardados, arquivados, ou que podem ser enviados para reciclagem.

Dê uma olhada nas salas de aula: é bem provável que você vai encontrar materiais que podem ter o mesmo destino, além de poder providenciar – ou colocar em uma lista para fazer durante o próximo semestre – pequenas reformas estruturais nos ambientes.

Revisão de práticas e rotinas

Quando se trata de educação e lidar com pessoas, principalmente se sua instituição atende crianças e adolescentes, sempre há novas práticas, políticas e abordagens que podem ser atualizadas.

O momento de férias dos alunos pode ser utilizado, pelos gestores e professores, para analisar as práticas utilizadas em sala de aula, abordar casos de alunos específicos que tenham alguma dificuldade de aprendizagem para que os professores do próximo semestre possam se preparar para o novo período letivo.

Calendário do próximo semestre

Também é o momento de planejar o calendário para o segundo semestre, criando uma agenda com datas que podem ser trabalhadas em sala ou em projetos multidisciplinares.

Dia da independência do Brasil, dia do professor, início da primavera, proclamação da república, são datas que podem render atividades interessantes com os alunos e, quem sabe, engajar as famílias com a escola.

Conferência de dados, notas, inadimplência

As férias escolares dos alunos rendem um momento para verificar se o cadastro dos alunos está completo, principalmente com endereço de email ativo dos pais ou responsáveis, número de telefone/Whatsapp para entrar em contato facilmente quando necessário.

É bom verificar se todas as notas estão lançadas corretamente no sistema, se o aluno está devendo alguma prova ou trabalho e também se não está com mais faltas do que o permitido.

Além das questões escolares, é o momento de verificar os pagamentos das mensalidades, fazendo um relatório dos estudantes inadimplentes ou em atraso para oferecer o quanto antes opções para o pagamento facilitado, evitando prejuízos para a instituição.

Reformas e infraestrutura

Com menos alunos na escola, é possível colocar em prática as reformas que já foram mapeadas anteriormente.

Pintura das paredes das salas ou pátio, com alguma decoração interativa como amarelinhas para os alunos menores, reparos de fechaduras, troca de mesas ou cadeiras quebradas, revisão em ar condicionados e ventiladores e toda a rede elétrica são possíveis sem os alunos na escola.

Treinamento e autoavaliação

Por fim, pode sobrar um tempinho para fazer treinamentos ou workshops com os professores e outros colaboradores de setores administrativos sobre temas que possam enfrentar em sala, ou palestras sobre saúde, bem-estar e psicologia, para que todos estejam preparados para receber bem os alunos de volta para o segundo semestre do ano letivo.

E na sua instituição, já planejou o que vai fazer enquanto os estudantes estiverem ausentes?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − onze =