Edusoft Tecnologia - Sistema Acadêmico Mentor Web

Como criar uma experiência de valor para a volta às aulas?

Se a primeira impressão é a que fica, a rotina de volta às aulas pode ser crucial para o engajamento dos alunos e da família junto à escola. Especialmente em situações onde o estudante é novo, há um certo receio em relação ao que encontrar neste momento.

Para o gestor escolar, criar uma experiência de valor para a volta às aulas nem sempre é fácil – mas este é um momento que exige atenção e organização. Com mais de 47,3 milhões de estudantes retornando às escolas, as primeiras semanas exigem disciplina, transparência e orientação correta, para um ano letivo de sucesso.

Separamos aqui alguns pontos importantes deste processo. Confira e aplique!

Acolhimento é essencial

O início do ano letivo é, por si só, um período que gera ansiedade e dúvidas nos estudantes, especialmente nas crianças menores. Por isso, nas primeiras semanas é importante que professores, equipe de apoio, monitores e a própria gestão estejam alinhadas com práticas para integrar os estudantes.

Incentivar a troca entre alunos veteranos e novatos, criar programas de apadrinhamento e organizar atividades recreativas para a integração dos estudantes devem estar em pauta.

Em escolas de grande porte, um tour pelas dependências ajuda o aluno a se sentir mais seguro.

Mantenha um canal de comunicação eficiente entre escola e família

Reuniões presenciais ou on-line nas primeiras semanas de aula ajudam a família a se inteirar sobre a rotina escolar, calendário acadêmico e regras para uma boa convivência. É sabido que o apoio familiar é crucial para o desempenho do estudante e o gestor escolar é um facilitador deste processo quando desenvolve bons canais de comunicação.

Neste contexto, não podemos esquecer da importância da tecnologia para aproximar família e escola. Aplicativos que facilitam o acompanhamento do desempenho, o recebimento de recados e a realização de pequenos serviços como baixa do boleto de mensalidade, são essenciais.  Com um bom sistema de gestão escolar que proporcione uma interface intuitiva para a família, haverá mais transparência e integração entre ambos os lados.

Não esqueça: nenhum ano foi igual a esse

Depois de dois anos letivos marcados pela pandemia, afastamento presencial e regras de distanciamento e higienização, 2022 tende a ser diferente de tudo o que vivemos. A integração tecnológica já é evidente e cada vez mais necessária, bem como a atenção em relação ao comportamento regional da pandemia. Assim, é preciso agir com empatia e cooperação, mantendo sempre uma comunicação fortalecida para que todos os envolvidos saibam quais práticas a escola vai adotar neste sentido. Seja pelo uso de máscara, aulas híbridas ou retorno 100% presencial, o  cenário ainda causa muitas dúvidas.

O momento, portanto, exige bom senso e cuidado para que em breve a normalidade retorne às escolas. Esse processo depende do comportamento de todos e na volta às aulas a escola precisa rever suas práticas, reorganizar a distribuição dos alunos e garantir um fluxo mais seguro o possível para todos.

Na sua entidade de educação, quais práticas já são premissas básicas na volta às aulas? Como escola e famílias estão trabalhando para garantir uma educação plena para as crianças?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 5 =

Receba nosso Newsletter

Criação de Sites em Blumenau por Vale da Web